Me encontre no lugar certo no tempo

Encontrar, ir contra, de encontro, contratempo, encostar, encontrão, encantar, desencanar, desencarnar, se encontrar.

Cada encontro é de algum desses universos. E de outros que eu desconheço.

Quando você se depara com uma pessoa, algo no mundo acontece. Cada interação, cada evento, cada desenrolar é aleatório ou não. Depende do que você acredita.

Eu creio em encontros. 

E assim os trato.

E você, foi um episódio. Final de temporada. Reviravolta, ápice, castigo. 

Eu te encontrei. Você me encontrou.

A gente se perdeu daquela estrada antiga, aquela trilha árida, ao som de asa branca, e o caminho se abriu fresco, com harpas, flores e ilusões. 

Cada topada é de fato uma virada no destino.

Posso estar sendo pedante, alucinando, ou apenas tendo meu ponto de vista, mas eu ainda acho que a gente se achou.

E não é porque somos caras metades a procura do seu inteiro, ou almas gêmeas querendo uma cópia de si. 

E sim porque somos uma daquelas particulares colisões, que já gerou um universo e muita poesia. Particularmente, eu acredito que foi uma explosão.

Não é que você seja o único, o especial, o último ou o primeiro, e não é que não seja.

Existem muitas possibilidades.

Desde a casualidade, a loteria, a sorte, até o destino, premeditado, traçado e escrito. 

Eu creio na escrita. 

Por isso eu espero que esse acontecer, seja para você, de tamanho impacto como é pra mim, sem ceticismo. Porque sei que em alguma fração de tempo esse enfrentamento vai acontecer, está acontecendo ou aconteceu.

E que é um presente. 

 

Mais sobre encontros cósmicos